O ERP Microsoft Dynamics NAV suporta a gestão do reaprovisionamento

Uma preocupação essencial nas empresas é a de aportar valor aos seus clientes através dos produtos e serviços que lhe são disponibilizados. Para o crescimento contínuo e a manutenção desse valor acrescentado, a qualidade e disponibilidade deve ser mantida e se possível excedida. Mas o balanceamento de vários desafios em simultâneo como: a eficiência dos processos, o controlo de custos e capacidade de prosseguir com investimentos, tornam este objetivo de uma importância e dificuldade cada vez maior.

Vamos focar a nossa atenção numa das variáveis: redução de stock. No atual contexto, temos então a preocupação de manter um equilíbrio entre a procura e a oferta de forma eficiente e com confiança, evitando excesso de stocks que implicam acréscimo de custos, bem como evitando roturas que afetem a entrega de valor ao cliente.

Na nova geração de softwares de gestão (ERP), a gestão de reaprovisionamento foi pensada para apoiar as empresas na automatização e otimização do processo de procura de matérias-primas, subsidiárias e mercadorias. O objetivo primordial é a capacidade de manter a resposta ao cliente, aproveitando o custo de oportunidade resultante deste processo tornando-o eficiente e com a redução de custos possível conservando níveis ótimos de inventário.

As ferramentas disponibilizadas pelo ERP Dynamics NAV​, permitem colocar em prática todo este controlo de uma forma natural e diária. Estes instrumentos têm por base vários critérios e informações obtidas no sistema, nomeadamente:

- Tipo de reaprovisionamento dos materiais: por compra, transferência ou produção própria
- Tempos definidos para reaprovisionamento: Lead Times, manuseamento interno, tempos de expedição,...
- Parâmetros específicos por Produto e Produto/Armazém: quantidades ótimas de encomenda, pontos de encomenda, stocks de segurança,...
- Calendários específicos do negócio: armazéns, agentes de transporte, clientes ou fornecedores

Desta forma, o ERP Microsoft Dynamics NAV suporta a necessidade das empresas na redução de stocks e na agilidade nos processos de reaprovisionamento através de:

- Sugestão e criação automática de ordens de produção, transferências de armazém e ordens de compra
- Gestão e ajuste de políticas de reaprovisionamento
- Nivelamento de inventários para as necessidades temporais definidas
- Consulta e ajuste manual de posição de inventário, disponibilidade e necessidades
- Controlo do fluxo de informação entre as várias áreas da empresa

Através de um sistema de gestão integrado, e com o recurso a uma gestão de cadeia de abastecimento automatizada e eficiente, as empresas conseguem obter retorno rápido do seu investimento, bem como identificar o impacto positivo e imediato nos resultados financeiros e no desempenho quer operacional, quer comercial da empresa.

Se a gestão eficaz de stocks é vital para o seu negócio, pergunte-nos como pode a sua empresa responder a estes desafios, num ambiente de crescente competitividade, automatização e globalização das economias e das empresas.​

 

Outros temas:
Gestão orçamental simplificada​​
Controlo de crédito de clientes que promove relações win-win​
Microsof Dynamics NAV: tecnologia OCR​